Like us On Facebook

16 de março de 2012

Sampaio perde e está fora da Copa do Brasil


O Atlético-PR foi melhor durante toda a partida. Poderia ter saído com uma vitória bem mais contundente. Porém, o placar de 1 a 0 foi o suficiente para garantir o Furacão na próxima fase da Copa do Brasil.
Já o Sampaio se defendeu durante toda a partida e não procurou, em momento algum, a vitória. O Rubro-Negro enfrentará, na segunda fase, o Criciúma-SC, que passou pelo Madureira.
“Copa do Brasil é assim. Nós não conseguimos matar na nossa casa, e aqui eles fizeram o resultado com o apoio da torcida”, observou Edgar que, supostamente, estaria negociando sua ida para o Atlético-PR e nem retornaria a São Luís.
O Sampaio, agora, focará suas atenções ao Campeonato Maranhense, onde enfrentará, neste domingo, o Viana fora de casa.
Jogo
O primeiro tempo teve um grande destaque e somente um time jogando ofensivamente. O Atlético-PR abusou das chances perdidas e não conseguiu abrir o placar no primeiro tempo. Tudo devido à grande atuação de Rodrigo Ramos, que fez pelo menos cinco defesas difíceis.
Enquanto o Atlético-PR começou a partida em busca do primeiro gol e pressionando, o Sampaio não se encontrava em campo e não conseguia ameaçar a defesa rubro-negra. A equipe tricolor dependia de lampejos do apagado atacante Edgar. Logo aos 9 minutos, o veterano Paulo Baier entrou cara a cara com Rodrigo Ramos, conseguiu tirar do goleiro, mas chutou para fora, rente à trave.
Cleitinho tentou responder para o Sampaio com uma bela jogada individual, mas, na hora da conclusão, o maranhense bateu fraco, facilitando a defesa do goleiro Rodolfo.
O Atlético-PR voltou a ter uma boa chance aos 20 minutos com Harisson, que entrou na área do Sampaio e bateu colocado para bela defesa de Rodrigo Ramos que espalmou para fora. Na cobrança de escanteio, a bola sobrou na entrada da área para Bruno Forlán, que bateu forte para mais uma interceptação do arqueiro tricolor.
O Furacão insistia nos chutes de fora da área e nas bolas alçadas, mas não conseguia ser eficiente. Nos últimos minutos do primeiro tempo, o Atlético-PR aumentou a sua pressão. Aos 41, Bruno Forlán entrou sozinho na área, porém Rodrigo Ramos, mais uma vez, se esticou para fazer bela defesa.
No último lance da etapa inicial, Rodrigo Ramos, outra vez, vence sua disputa particular com Bruno Forlán. Após bela jogada de Harisson, o atacante entra sozinho na marca do pênalti e bate firme, porém o goleiro tricolor faz mais uma defesa milagrosa. O Sampaio descia para o vestiário com um resultado que o classificava para a segunda fase da Copa do Brasil.
 
No início da segunda etapa, o Sampaio tem seu primeiro e único lance de perigo na partida. Kléo recebe na direita, e tenta cruzar. A bola desvia no zagueiro atleticano e quase engana o goleiro Rodolfo que é obrigado a fazer grande defesa.
Quando parecia que o Sampaio acordaria na partida, a equipe voltou a mostrar os mesmos erros do primeiro tempo e sumiu. Porém, desta vez, o Atlético também não ameaçava a equipe visitante no início do segundo tempo. Quando o Rubro-Negro parecia sonolento na partida, Guerrón, que havia entrado no segundo tempo, fez bela jogada e tocou para Paulo Baier livre dentro da área. O meia só teve o trabalho de rolar para Marcinho concluir. O Atlético abria o placar e construía o resultado necessário para garantir a classificação: 1 a 0.
Depois do gol, o Atlético-PR continuou em um ritmo lento, porém, agora, sem a pressão de buscar o resultado. Mesmo precisando do gol, o Sampaio não ameaçava o gol da equipe paranaense. O Furacão era ainda mais perigoso e ficou bem próximo do segundo gol com chances perdidas por Guerrón e Marcinho. O Rubro-Negro cadenciou o jogo nos minutos finais, não foi ameaçado pelo Sampaio e só esperou o apito final para selar sua classificação para a próxima fase.
Do imitante.com


Nenhum comentário:

Subscribe Here

Recent Posts Box 2

Sponsor

Social

Social Share

Recent

Recent Posts

Popular Posts